Teste de Carga

Tudo o que você precisa saber sobre teste de carga: Definição, equipamentos empregados, normas, procedimentos e resultados.

Teste de Carga

Definição

Um dos métodos mais empregados para atestar a segurança de uma estrutura é o teste de carga. Ele é utilizado para verificar o comportamento de um elemento isolado ou, em escala global, da estrutura completa. Emprega-se a avaliação estrutural por teste de carga quando há a modificação da utilização de uma estrutura, quando há diferenças entre o projeto estrutural e a estrutura executa ou quando exista a incerteza em relação ao nível de segurança.

O procedimento de execução de um teste de carga é realizado através da aplicação de cargas definidas em normas. O ensaio é realizado paralelamente ao monitoramento de pontos estratégicos com sensores elétricos. Esses dispositivos são responsáveis por avaliar os deslocamentos dos elementos estruturais quando submetidos ao carregamento.

Equipamentos

Os equipamentos mais usuais em um teste de carga são os extensômetros elétricos e mecânicos. Os dados fornecidos pelos sensores são transmitidos para um sistema de aquisição de dados e por fim são lidos e tratados em um computador. A instrumentação de estruturas permite o acompanhamento em tempo real das tensões e deformações, servindo como base para a avaliação estrutural.

Normas

No âmbito nacional, a Associação Brasileira de Normas Técnicas regulamenta a execução de provas de carga através da norma NBR 9607:2012 Prova de carga em estruturas de concreto armado e protendido — Procedimento.

Procedimentos

A realização de uma prova de carga é feita através da aplicação de um carga com uma intensidade determinada pelo fator de carregamento ψ, definida na NBR 9607:2012.

ψ = Fe/Fd

Fe é o esforço solicitante teórico devido ao carregamento de prova de carga e Fd é o esforço solicitante teórico devido ao carregamento de projeto.

Aceitação

A aceitação do resultado de um teste de carga deve ser feita através da elaboração de um relatório apresentando:

  • O carregamento aplicado, as normas consultadas;
  • A análise dos materiais dos elementos estruturais;
  • As tensões e deformações mensuradas;
  • A registro fotográfico das eventuais patologias apresentadas durante o ensaio.

A avaliação estrutural de uma estrutura completa poderá exigir estudos adicionais através do monitoramento de outros elementos estruturais, da utilização de sensores mais precisos ou da repetição dos ensaios em situações permitidas pela NBR 9607:2012.

Confira exemplos de testes de carga e instrumentação realizadas pelo Grupo FULL:

Transcarioca – Viaduto OAE. 2 – Rio de Janeiro – RJ

Análise da ampliação de dois prédios com a aplicação de teste de carga utilizando extensometria